Por uma Cultura de Paz e Não Violência


cultura é a mãe!

João Baptista Pimentel Neto*

túnel do tempoVivemos num mundo cada vez mais desigual e injusto. Um mundo mais violento e menos civilizado. Em um mundo que, caso não ocorram profundas e urgentes mudanças culturais, aponta para a humanidade um futuro cada vez mais trágico e sombrio.

Neste contexto é fundamental refletir, praticar e difundir os princípios e conceitos da Não-Violência. Acredito mesmo que estas sejam posturas e práticas obrigatórias aos milhões que como eu – ainda – acredita na humanidade dos homens e que um mundo – e um futuro – melhor para todos é possível. E é por isso que através deste artigo busco fazer minha parte, conclamando a tod@s a unirem-se numa corrente em prol da construção permanente de uma Cultura de Paz e a favor da Não Violência.

Confira abaixo qual a história e os princípios da Não Violência. Assista também o vídeo. Depois reflita e, se possível, faça também sua parte ou seja…

Ver o post original 968 mais palavras