Marv@da C@rne repudia assassinato de cineasta indígena colombiano

Se uma voz é silenciada, milhões de gargantas irmãs devem substituí-la em um grito feroz. Chega!

Hoje, este Marv@da C@rne se une às mais de três centenas de entidades, lideranças audiovisuais e da cultura, artistas e profissionais das mais diversas áreas de atuação, residentes em 13 países ibero americanos, que já subscreveram o Manifesto lançado pelo EnDoc / Encontros de Documentaristas Latino Americanos e do Caribe – Século XXI repudiando e exigindo providências do Governo Colombiano pelo assassinato do jovem cineasta indígena colombiano Yamid Bailarín Suescun (foto), cujos indícios apontam ter sido cometido por grupos paramilitares que continuam em plena atividade naquele país.

Indignados os subscritores exigem que as autoridades coloquem um ponto final nesta ações praticadas contra homens, mulheres e crianças membros das comunidades originárias e, ao continuado genocídio que, há séculos, vem ocorrendo por toda as Américas. Ações que segundo os signatários e também no entendimento deste Marv@do afrontam os direitos humanos e a liberdade de expressão, caracterizando a prática sistemática de crimes contra a humanidade.

No Brasil, a campanha de adesões vem sendo coordenada pelo CBC / Congresso Brasileiro de Cinema e o documento já recebeu mais de trezentas subscrições entre entidades e pessoas físicas. O prazo final para aderir e apoiar o Manifesto se encerra no próximo domingo, sendo logo a seguir encaminhado ao Presidente da República da Colômbia e aos organismos internacionais de defesa dos direitos humanos.

Para encerrar esta rápida coluna marv@da de hoje, transcrevo abaixo as palavras de ordem que constam do referido Manifesto. Elas falam por si.

Americanos de todas as raças e de todas as culturas, de pé!

Chega de assassinatos!

Nossa voz é a voz de nossos mortos!

******************************************

Confira abaixo como participar desta luta e a lista atualizada de subscrições.

CBC repudia assassinato de jovem cineasta indígena colombiano

>> SUBSCREVA O MANIFESTO / PARCIAL ATUALIZADA: 297 ASSINATURAS

O CBC / Congresso Brasileiro de Cinema torna público o seu repúdio ao assassinato do jovem cineasta colombiano Yamid Bailarín Suescun e ao Manifesto lançado pelo EnDoc XXI.

Leia aqui a íntegra do Manifesto e a lista atualizada de subscritores.

Depois envie uma mensagem para o endereço eletrônico

cbc.articulacao@cbcinema.org.br

registrando em seu cabeçalho a palavra REPÚDIO.

Informa ainda no corpo da mensagem:

* No caso de subscrição por entidades

Nome da entidade, esfera de atuação (municipal, estadual, nacional ou internacional) e cidade, estado e país sede das atividades;

* No caso de pessoas físicas

Nome, profissão e cidade , estado e país de residência.

Após assinar compartilhe esta mensagem com seus amigos e através das listas de contatos pessoais e/ou da sua entidade.

Certos de que esta é uma causa justa, que merecerá apoio de toda a comunidade audiovisual e cultural brasileira, agradecemos seu apoio e seu ativismo.

Americanos de todas as raças e de todas as culturas, de pé!

Chega de assassinatos!

Nossa voz é a voz de nossos mortos!

CBC / Congresso Brasileiro de Cinema
Em Defesa do Cinema e do Audiovisual Nacional

Um comentário em “Marv@da C@rne repudia assassinato de cineasta indígena colombiano

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s